Análise do tempo de isquimia total e suas correlações com caracteristicas clínicas e resultados em pacientes que sofreram infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST

Resumo
Introdução: O infarto agudo do miocárdio persiste como importante causa de morbidade e mortalidade todo o mundo, apesar dos avanços tanto no tratamento como na prevenção dessa condição. Objetivo: Analisar 0 tempo de isquemia total de pacientes atendidos em um Hospital de referência em Belém — Pará, que sofreram Infarto Agudo do Miocárdio com elevação do segmento ST (IAMCSST) que submetidos à Intervenção Coronariana Percutânea e relacioná-lo Com características clinicas e mortalidade em 30 dias. Método: Estudo de coorte, prospectivo, incluindo 19 pacientes admitidos com diagnóstico de IAMCSST. Obtivemos os dados por entrevista, complementados com dados do prontuário, de agosto a setembro de 2014. Após um mês do evento índice, outro contato por ligação telefônica foi realizado para verificar a sobrevida. Resultados: DOS 19 pacientes incluídos no estudo, 84,2% era homens, 73,7% tinham idade maior que 60 anos, 57,9% procediam de outras regiões do Pará e 68.4% eram casados. A média do tempo porta balão foi de 241,3 min. O tempo início da dor até chegada ao hospital dos pacientes que residiam em Belém foi de 475 min. A taxa de óbito por causas cardiovasculares após um mês do evento índice foi de 21%. Conclusão: O tempo balão esteve acima do que é recomendado pelas diretrizes atuais mostrou diferença significativa no aumento do de mortalidade intra-hospitalar desses pacientes com IAMCSST. Pacientes procedentes da mesma cidade em que se localiza o centro de referência em tratamento percutâneo para IAMCSST levaram mais tempo para dar entrada ao serviço de referência.
Descrição
Palavras-chave
Infarto; Intervenção Coronária Percutânea; Tempo.
Citação
PEREIRA, Jerusa Rodrigues Bezera, PEREIRA, Kleber Renato Ponzi. Análise do tempo de isquimia total e suas correlações com caracteristicas clínicas e resultados em pacientes que sofreram infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST. Artigo Científico (Programa de Pós-Graduação e Residência Médica em Cardiologia) – Fundação Pública Estadual Hospital de Clínicas Gaspar Vianna. Belém, 2015.
Coleções